30 setembro, 2005

amo esse homem

Kirchner deixa Brasília, sem participar da reunião de cúpula

Fonte: Primeira Leitura


10h52 – O presidente argentino, Néstor Kirchner, deixou claro, nesta segunda-feira, que as relações com o Brasil não andam nada boas e esvaziou a reunião de Cúpula da Comunidade Sul-Americana de Nações. Na manhã desta segunda-feira, um pouco antes do início da primeira reunião dos chefes de Estado da comunidade, que acontece em Brasília, decidiu deixar a capital brasileira e voltar para a Argentina....O gesto de Kirchner é um recado claro para Lula – ele não está nem um pouco contente com o fato de o Brasil tentar criar uma união política sul-americana, sem antes resolver as pendências do Mercosul. O argentino também não se sente confortável com os arroubos de liderança do Brasil. Kirchner, também em protesto, já não havia participado da reunião de lançamento da Comunidade Sul-Americana de Nações no ano passado.... Chegou quinta-feira à noite, participou do jantar de boas vindas que Lula ofereceu aos colegas e assinou uma série de acordos bilaterais com o presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Às 8h30 desta sexta-feira, embarcou para a Argentina. Fora da cúpula, Kirchner passa a ser a principal notícia do dia.
|

28 setembro, 2005

faltou o pai deles



A "Folha de S. Paulo" de hoje dá destaque em primeira página a texto escrito por Hugo Chávez e Tabaré Vazquez (presidente daquele país pequeno que fica ao sul do Rio Grande do Sul).

O texto diz "... Cremos que seja chegado o momento de síntese desses grandes esforços. A hora da unidade continental está soando em todos os relógios: precisamos insistir na construção de um caminho que seja nosso caminho."

Por favor me incluam fora dessa unidad continental !
|

27 setembro, 2005

novas notícias

Abaixo parte do último texto do Olavo de Carvalho (link ao lado). O de C é um dos únicos que consegue acertar em suas previsões políticas, mesmo porque estas não são previsões, mas análises lógicas. Veja a integra do texto no site do filósofo. E podem descer a lenha no homem que quem já o leu com isenção sabe que ele não está mentindo.


Longe da mídia brasileira


* No noticiário da passeata anti-Bush em Washington, nenhum jornal brasileiro, absolutamente nenhum, mencionou nem mesmo por alto as ligações diretas entre algumas das entidades que promoveram essa manifestação e as organizações terroristas responsáveis pela violência contínua no Iraque. Quem quiser saber algo a respeito encontrará todas as informações no site de David Horowitz, www.discoverthenetwork.org.

* Altos funcionários do governo da Lousiana estão sob investigação criminal por desvio de 60 milhões de dólares de verbas federais enviadas, muito antes do furacão Katrina, para a reforma das barragens de New Orleans. Entendem por que a obra não saiu?

* O repórter da ABC, Dean Reynolds, foi filmado em pleno vexame de tentar extorquir declarações anti-Bush de vítimas da enchente, recebendo respostas contrárias às que esperava. O mais lindo foi o diálogo com uma senhora negra:

-- A senhora não tem raiva do presidente por causa da resposta federal tardia?

-- Não, de maneira alguma. Os governos do Estado e do município é que tinham de estar a postos primeiro.

-- E não estavam?

-- Não, não estavam. Meu Deus, não estavam!

* O primeiro-ministro Tony Blair estragou a festa dos ecochatos na reunião da Clinton Global Initiative num hotel chiquérrimo de Manhattan. Ex-partidário do badalado Protocolo de Kyoto, chegou à reunião dizendo que ia falar "com honestidade brutal", e fez exatamente isso: disse que, quando o tratado expirar em 2012, país nenhum vai querer assiná-lo de novo, boicotando seu próprio crescimento econômico. O colunista James Pinkerton, da Tech Central Station , disse que em tempos normais essa declaração seria manchete em todo mundo. Agora, a grande mídia americana, mais interessada em ativismo ecológico global do que em jornalismo, preferiu ignorá-la.

* Enquanto as organizações de familiares das vítimas do terrorismo basco prometem manifestações de protesto contra a cumplicidade entre o primeiro-ministro Zapatero e a ETA, esta organização terrorista, que acaba de fazer mais um atentado (mal sucedido, felizmente), anuncia que vai prestar homenagens a Fidel Castro e Hugo Chávez durante a reunião de chefes de Estado latino-americanos em Saalamanca, 14-15 de outubro.
|

dois cômicos idos


O Agente 86 e a Agente 99

Morreu dia 25 o ator Don Adams, mais conhecido entre nós como o Agente Maxwell Smart, o Agente 86 da série homônima (Get Smart) veiculada inicialmente entre 1965 e 1970.

Povoou minha infância e certamente me influenciou em relação a meu senso de humor, mais do que o ontem falecido Ronald Golias.



Maxwell Smart tinha tanta auto confiança quanto inépcia na realização de seus casos. No final sempre se dava bem; o que prova que o excesso de auto-estima pode superar a incapacidade intelectual (veja nosso presidente...)
|

26 setembro, 2005

me engana...



Propaganda do PCdoB veiculada pela televisão nestes últimos dias afirma: abre aspas, "...as elites conservadoras querem restringir a democracia...", fecha aspas.

O que fariam com a democracia burguesa os Partidos Comunistas e congêneres após conquistarem o poder? Ou melhor, qual é ou foi a democracia nos locais onde os progressistas comunistas assumiram o poder?
|

21 setembro, 2005

Vinde a mim as criancinhas

As notícias recentes mostram que, segundo pesquisas, a taxa de aprovação ao governo e a o effelentíffimo despencam.
O povaréu demorou um pouco não percebeu.
Na verdade, a massa ignora completamente a gravidade dos fatos que formam as manchetes, além de outros fatos que passam ao largo das mesmas.
Mas já que o PT aparece nas capas de revista e é citado no Jornal Nacional ao lado de outras palavras como "dólares", "milhões" e "cueca", a simples associação de idéias desagua na percepção de que "há corrupção no governo".


Obrigado querido Stalin por uma infância feliz!

No fim o resultado é agradável, pois é sempre bom ver o PT e os intelequituais de esquerda fazendo malabarismos para defender o indefensável.
|